Study site fields in São Paulo, Brazil. © 2019, Planet Labs PBC. All Rights Reserved.
AUTHOR PROFILE Ana Bragança
Curious Planeteer working to make the Earth's changes visible, accessible and actionable.

Como a UNICAMP, uma das principais universidades da América Latina, está usando imagens de satélite para monitorar sistemas de integração lavoura-pecuária no Brasil

Uncategorized

To read this piece in English, view this page.

Segundo a FAO, cerca de 38% da superfície terrestre é ocupada por áreas cultiváveis, um terço por áreas agrícolas e os dois terços restantes como campos e pastagens. No Brasil, a pastagem é o principal uso da terra, ocupando grande parte do território de norte a sul do país, com cerca de 150 milhões de hectares. No entanto, mais de 50% das áreas de pastagens brasileiras apresentam algum sinal de degradação. Consequentemente, isso impacta na disponibilidade de alimentos, tornando a produção sustentável uma questão extremamente relevante em todo o mundo.

O aumento da demanda global por alimentos, aliado à necessidade de preservação dos recursos naturais, exige uma solução para a exploração sustentável da terra para a produção de alimentos. Para atender a essa necessidade, o Brasil vem adotando a integração dos sistemas agrícolas e pecuários como uma alternativa para intensificar a produção de forma sustentável em áreas já destinadas a esses fins.

“Os sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP) são sistemas de produção muito dinâmicos que buscam a sinergia entre os recursos agrícolas e pecuários em conjunto com o uso da terra, com práticas de manejo focadas na conservação dos recursos naturais. A integração das atividades agropecuárias tem sido adotada no Brasil como uma abordagem pioneira para alcançar sistemas de produção mais sustentáveis”, disse a Dra. Aliny Dos Reis, Pesquisadora de Pós-Doutorado (UNICAMP).

Hoje, os sistemas de integração lavoura-pecuária são cruciais para a construção de ecossistemas resilientes que podem resistir a mudanças climáticas, às vezes imprevisíveis. A utilização de um sistema de ILP economiza dinheiro dos agricultores enquanto faz as escolhas mais sustentáveis. Assim, a medição rápida e precisa da biomassa de pastagem disponível é essencial para alcançar decisões eficazes de manejo.

Um aumento na adoção  de sistemas de ILP no Brasil tem sido observado na última década. Por serem sistemas de produção muito dinâmicos, em que ocorrem constantes mudanças na cobertura da terra, a identificação, o mapeamento e o monitoramento dessas áreas se tornam um desafio muito complexo.

“Nos últimos anos, a combinação sem precedentes de imagens de alta resolução temporal e espacial oferecidas pela constelação PlanetScope melhorou a capacidade de monitoramento de biomassa de pastagens usando dados de sensoriamento remoto”, disse a Dra. Aliny Dos Reis.

Pesquisadores da UNICAMP e da Embrapa Agricultura Digital exploraram o potencial do uso de informações espectrais e texturais derivadas de imagens PlanetScope e algoritmos de aprendizado de máquina para estimar a biomassa acima do solo e a altura do dossel de pastagens em áreas de manejo intensivo sob sistemas de ILP no Brasil. Esses modelos alcançaram acurácia moderadamente alta para prever a biomassa acima do solo e a altura do dossel da pastagem, explicando 65% e 89% da variabilidade dessas variáveis, respectivamente.

Os resultados destacam o potencial do uso de medidas de textura derivadas das imagens PlanetScope para obter uma precisão aprimorada da estimativa de biomassa acima do solo e altura do dossel da pastagem em comparação com bandas espectrais ou índices de vegetação como variáveis preditoras nos modelos de aprendizado de máquina.

Os pesquisadores relataram que as resoluções temporais e espaciais dos dados de sensoriamento remoto óptico comumente aplicados, especialmente imagens de média e baixa resolução espacial, têm sido um obstáculo para alcançar o monitoramento eficaz de sistemas de ILP em uma escala fina em áreas intensivamente manejadas. Este trabalho destacou ainda que “a crescente resolução temporal e espacial oferecida pelos satélites Dove da Planet pode superar essa limitação espaço-temporal”, disse a Dra. Aliny Dos Reis, pesquisadora da UNICAMP.

Este projeto conta com o apoio do nosso parceiro regional SCCON, distribuidor autorizado da Planet no Brasil.

Fonte:  Resumo gráfico, MDPI

Para saber mais, leia o estudo completo aqui.

Assista ao webinar on demand “Uso de imagens PlanetScope na pesquisa agropecuária” para obter mais informações. Os sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP) têm sido adotados no Brasil como uma abordagem pioneira para garantir sustentabilidade econômica e ambiental na produção agropecuária. 

Nesse contexto, a utilização de séries de imagens de satélite de alta frequência temporal e alto detalhamento espacial, em conjunto com abordagens robustas de inteligência artificial, se destacam como uma das mais eficientes maneiras de analisar sistemas de ILP, auxiliando produtores rurais e organizações do setor em importantes tomadas de decisão.

Neste webinar, discutimos:

  • Os desafios de monitorar sistemas de ILP usando imagens de satélite;
  • Como explorar as séries temporais de imagens PlanetScope para o monitoramento de sistemas de ILP utilizando algoritmos de aprendizagem de máquina;
  • Um estudo de caso para o mapeamento e a estimativa de biomassa de pastagens em áreas de ILP.

Our websites use cookies.
We use cookies to improve our services and tailor content for you. Your browser settings control cookies. For more information about the use of cookies on our websites, please see our Privacy Policy.